Notcias
» PREFEITO SANCIONA LEI DE INCENTIVO A DOAO VOLUNTRIA DE SANGUE
21/09/2018

O Prefeito Cláudio Ferrari sancionou as Leis Municipais nº 2242 e 2243 de iniciativa da Câmara de Vereadores de Barão que estabelecem uma política de incentivos para doadores voluntários de sangue.


A partir de agora, doadores regulares de sangue estão isentos do pagamento de taxa de inscrição em concursos públicos realizados pela Prefeitura Municipal de Barão e ganham desconto de 50% no valor de ingressos em qualquer evento oficial do Município que seja cobrada entrada.


Para servidores públicos municipais, foi ampliada a liberação para até 3 dias anuais de licença para doação de sangue.


A nova Lei considera como doador de sangue, toda a pessoa que realizar pelo menos três doações no caso de homens e duas no caso de mulheres, no período de 12 meses antecedentes a solicitação de qualquer dos incentivos.


Importante destacar que o doador deverá sempre requisitar ao órgão que realizar a coleta, que o mesmo emita um certificado de doação voluntária de sangue, onde conste seu nome completo, RG e CPF, bem como a data da doação, carimbo do órgão, assinatura do responsável e histórico das coletas.


Por que doar


A doação de sangue é um ato altruísta e totalmente voluntário, que pode salvar vidas. Dependem desse ato solidário pessoas que se submetem a tratamentos planejados e intervenções médicas urgentes de grande porte e complexidade, como transfusões, transplantes e intervenções oncológicas. O sangue é imprescindível também para que pacientes com doenças crônicas graves - como Doença Falciforme e Talassemia - possam viver por mais tempo e com mais qualidade, além de ser de vital importância para tratar feridos em situações de emergência ou calamidades.


A importância da doação de sangue


Como o sangue é insubstituível e sem ele não é possível viver, o Ministério da Saúde reforça a importância de os brasileiros adotarem a cultura solidária da doação regular e espontânea de sangue. O objetivo é manter os estoques sempre abastecidos e não apenas em datas específicas ou quando algum conhecido precisar. Uma única doação pode salvar a vida de até quatro pessoas e beneficiar qualquer paciente, independentemente de parentesco entre o doador e quem receberá a doação.